Quem Somos

As linhas políticas do MTST

O MTST é um movimento que organiza trabalhadores urbanos a partir do local em que vivem: os bairros periféricos. Não é nem nunca foi uma escolha dos trabalhadores morarem nas periferias; ao contrário, o modelo de cidade capitalista é que joga os mais pobres em regiões cada vez mais distantes. Mas isso criou as condições para que os trabalhadores se organizem nos territórios periféricos por uma série de reivindicações comuns. Criou identidades coletivas dos trabalhadores em torno destas reivindicações e de suas lutas. Ao mesmo tempo, a organização sindical, no espaço de trabalho, tem tido enormes dificuldades em organizar um segmento crescente de trabalhadores (desempregados, temporários, terceirizados, trabalhadores por conta própria, etc.), a partir de transformações ocorridas no próprio processo produtivo, que tornaram as relações trabalhistas mais complexas e diversificadas. Assim, o espaço em que milhões de trabalhadores no Brasil e em outros países tem se organizado e lutado é o território. É aí que o MTST se localiza: Somos um movimento territorial dos trabalhadores.

Cartilha_MTST_apresentação-1

 

15 comments

  • Evandro Carlos Camargo

    Merito pela dedicação do individuo e do passado da familia do priprio o poe longe da periferia. Quer morar em bairro com urbanização de boa qualidade, estudem muito, não é justo um medico com 10 anos universidade morar ao lado de gente preguçosa que faz protestos no meio da semana.

  • Antonio Jorge de Oliveira

    Encontro-me desempregado a mais de 14 meses e sem condições de pagar um aluguel, gostaria de fazer parte de um movimento em prol de moradias e empregos dignos para os trabalhadores. Disponho meu endereço de e-mail para receber atualizações e reivindicações dos trabalhadores a fim de difundi-las.

  • Vitória

    Estou fazendo um trabalho e gostaria de saber como funciona o movimento MTST

  • Beatriz de França

    Boa tarde, estou no 1° ano do ensino médio, estudo na escola Irmã Maria Tereza, em SC , gostaria de saber se á algum responsável que poderia me responder algumas perguntas sobre o Movimento (MTST) pois estamos fazendo um trabalho de sociologia sobre o mesmo. E gostaríamos de nos aprofundar mais no assunto.
    Se puder por favor entrar em contato com francabeatriz1805@gmail.com , pois gostaríamos muito da sua ajuda!
    Desde já agradeço.

  • Thiago Simioni Bertarello

    Olá, boa tarde, me chamo Thiago Simioni, sou estudante do último semestre da Faculdade de Direito de São Bernardo do campo e escolhi como tema para monografia do meu Trabalho de Conclusão de Curso justamente a luta que o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto trava diariamente para que o Direito à Moradia assegurado constitucionalmente seja alcançado.

    Minha monogradia coloca numa balança os direitos à propriedade e à moradia, de modo a expor como a especulação imobiliária e a concentração de renda são problemas sociais que fazem com que o MTST permaneça nessa constante luta.

    Venho por meio deste comentário enviar-lhes meu e-mail, para o fim de que vocês possam me auxiliar nesta tarefa final da Graduação, trazendo qualquer contribuição, seja bibliográfica, biográfica, relatos do cotidiano, suas lutas, ideias, projetos, depoimentos, convites, etc.

    Desde já, meu muito obrigado.

    Atenciosamente, Thiago Simioni.

  • Fabiano

    Tens Email?

  • Angela Maria Lemos Guimarães Pinto

    Tenho interesse em receber cartilha, e assinar jornal ou revista desse movimento que me representa, poderiam enviar como consigo isso? Gratidão, namastê.

  • Nercino Ferreira da Silva Júnior

    Maravilhoso, tenho algumas posses de terras (Osasco, Itapevi, etc), tenho interesse de compor com o movimento. Entre em contato telefone 11 972871577,abraço.

  • QUERO SABER COMO PARTICIPAR DO MTST E TER DIREITO A UMA MORADIA DE PREFERÊNÇA NO LOCAL AO LADO DO ” PARQUE DO CARMO “ZONA LESTE ,ONDE SERÁ CONSTRUIDAS 2650 MORADIAS PARA O MTST ,MINHA CASA MINHA VIDA .LOCAL RUA DO SESC ITAQUERA .
    QUERO INFORMAÇÕES E SE PODER PARTICIPAR PARA TER DIREITO A UMA MORADIA .POIS SOU APOSENTADO POR DEFICIÊNCIA PERMANENTE .TENHO 58 ANOS ,TRES FILHOS E UMA NETA E MORO DE FAVOR EM UM APTO.DE UMA IRMÃ .MUITO DIFÍCIL A MINHA SITUAÇÃO.QUERO PARTICIPAR E FAREI O QUE FOR NECESSARIO PARA SER UM INTEGRANTE DO MTST.
    MUITO OBRIGADO .

  • QUERO SABER COMO PARTICIPAR DO MTST E O QUE DEVO FAZER PARA SER UM INTEGRANTE .
    GOSTARIA DE TER UMA DAS MORADIA A SER CONSTRUIDA AO LADO DO PARQUE DO CARMO ,ONDE SERÃO CONSTRUIDAS 2650 MORADIAS AO MTST .RUA DO SESC ITAQUERA .
    GRATO !

  • COMENTARIO ACIMA .DESEJO PARTICIPAR DO MOVIMENTO .COMO FAZER E OBTER UMA CASA´PRÓPRIA ATRAVÉS DO MTST.PARQUE DO CARMO RUA DO SESC ITAQUERA SÃO PAULO.

  • wilson ribeiro de araujo

    salve povo
    quando conheci estava descrente ,passou sou mtst assin digo
    chuva sol, vento, cabritos, vacas, bois, fantasmas tudo e lindo
    agora entendo a causa e sou por ela

    mtst a luta e de fato pra valer

  • Rafael Henrique de Maggio

    É louváel a iniciativa do MTST. Receio informar que o movimento perde credibilidade devido aos diversos erros de gramática, sequestros semânticos e afins. A ideia do movimento em si é boa, mas a forma com que estão reinvindicando faz com que percam a razão, depredação de patrimônio público e privado, obstrução de vias de tráfego, entre outros atos, são todos considerados ações criminosas.

  • Rodrigo Andrian

    O cidadão precisa entender que para bons salários, precisa de bons empregos. E para bons empregos precisa de estudo. E para estudo precisa de dedicação e força de vontade. Pois muitos que moram na rua já provaram ser possível mudar de vida através de estudo. Mas muitos buscam seus direitos, coagindo o direito de outros. E é deprimente que muitos “vitimizados” acreditem que o caminho mais fácil é o “dá que eu preciso”.

    MTST faz de fato um de-serviço a população. Usa as pessoas menos instruídas em prol de poucos mais espertos, com fins de interesse única e exclusivamente particular.

  • Sergio Soares

    Eu apoio 100% o MTST!

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA