MTST

Licitação das Catracas em SP: Doria vai cortar 149 linhas de ônibus e alterar 186

Fonte: Rede Brasil Atual | MPL – Movimento Passe Livre

A licitação do transporte coletivo de ônibus da capital paulista ainda não tem data certa para ocorrer. Muitas listas e mapas com informações duvidosas sobre linhas a serem extintas têm circulado nas últimas semanas. As informações oficiais por parte da prefeitura foram divulgadas no sábado.

A proposta deixou muitos paulistanos preocupados. Serão 149 linhas extintas. Outras 186 terão mudança de trajeto, redução da extensão, ampliação do itinerário ou simplesmente mudança do nome.

A zona sul da cidade terá 53 linhas alteradas, sendo a mais afetada pela mudança proposta. Porém, muitas alterações ocorreram durante o ano passado, sobretudo na região leste – área 4, vermelha -, que agora terá apenas 16 linhas alteradas.

A prefeitura alega que as mudanças buscam racionalizar o sistema de ônibus, evitando sobreposição de linhas e ampliando o atendimento na cidade. Também diz que as alterações serão implementadas de forma gradual, a partir de seis meses da assinatura dos novos contratos, com prazo para conclusão de até três anos. Um grupo de organizações considera que a proposta vai manter o serviço ruim na cidade.

As organizações também têm criticado a proposta da gestão Doria, sobretudo pela falta de transparência com que o tema tem sido tratado. A consulta pública se encerrou no dia 5/3, mas a gestão Doria só divulgou a relação exata de linhas existentes e alterações propostas no dia 3. Antes era preciso consultar um por um os 1.183 arquivos correspondentes às novas linhas, cujos números de identificação não se relacionam com as linhas atuais.

Com a palavra, o MPL:

A nova licitação dos ônibus municipais de São Paulo vai decidir como serão todas linhas de ônibus para os próximos 15 anos. Uma ideia central dessa licitação é obrigar a gente a pegar cada vez mais baldeações. Não é coincidência quase 40% das linhas cortadas ou extintas, cada vez menos acesso ao centro e nenhuma alternativa entre os bairros!

Já que não adianta esperar nada de Secretaria nenhuma, num primeiro esforço para entender essa proposta da licitação fizemos uma tabela, com as linhas cortadas, alteradas e mantidas, que pode ser consultada aqui. Diferente do caos e obscuridade da Prefeitura, qualquer pessoa pode consultar se o busão de todo dia vai ser cortado ou extinto!

Pra fortalecer com informações para a luta pelo transporte, o companheiro Sandro Valeriano contribuiu com um mapa interativo com dados da GeoSampa cruzados com a tabela com os dados da SPtrans (organizada pelo MPL).

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA