Greve Geral 30J: MTST e Frente Povo Sem Medo ocupam os dois aeroportos de SP

Texto e fotos por Brigada de Comunicação

A mobilização pela Greve Geral deste 30 de junho, contra as reformas trabalhista e da previdência, além de pedir a saída do corrupto Michel Temer da presidência, começou cedo e paralisou boa parte das grandes cidades brasileiras. Em São Paulo, o MTST e a Frente Povo Sem Medo tiveram forte atuação e presença nos atos que conseguiram ocupar e travar os dois principais aeroportos da região.

No final da tarde da sexta, a Greve Geral ainda seguiu rumo à avenida Paulista, no centro da cidade, onde aconteceu o ato unificado contra as reformas e pelo Fora Temer. Sindicatos, diferentes grupos e movimentos, além do MTST e das frentes Povo Sem Medo/Brasil Popular, encheram a maior avenida do país.

Guarulhos (Aeroporto de Cumbica)

Em Guarulhos, a caminhada rumo ao Aeroporto Internacional de Cumbica — o principal do Brasil — teve início às 7h, acompanhada por forte aparato policial durante todo o trajeto. O trânsito seguiu parado por toda a manhã, e se estendeu desde as rodovias Dutra, Ayrton Senna e Hélio Smidt até a marginal Tietê.

Participaram da cobertura Mídia Ninja, Jornalistas Livres e outros coletivos de comunicação. A caminhada seguiu pacífica durante mais de 4 horas e ultrapassou o número de duas mil pessoas.

Zona Sul de São Paulo (Aeroporto de Congonhas)

Na Zona Sul paulistana, diversas ocupações, com o apoio de coletivos e outros movimentos, marcharam até o Aeroporto de Congonhas. Palavras de ordem e força ecoaram pelo saguão do aeroporto e o ato, inclusive, recebeu apoio de diversos passageiros e trabalhadores presentes no local.

Guilherme Boulos destacou a importância da manifestação e da força de todos e todas para que, mais do que nunca, esse governo ilegítimo caia e não aprove nenhuma das medidas que visam favorecer empresários e trazer prejuízo ao trabalhador.

Confira mais imagens das mobilizações abaixo:

MTST, A LUTA É PRA VALER!

One comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA