MTST

Em visita à Paraíba, Guilherme Boulos desafia Jair Bolsonaro

O pré-candidato a presidente da República pelo Psol, Guilherme Boulos, desafiou, na última quinta-feira (5), em João Pessoa, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) para um debate.

“Quero ver ter coragem de debater ideias porque há 30 anos o deputado nunca aprovou um projeto de interesse nacional, porque não tem proposta, foge do debate e um dia se escondeu no banheiro do aeroporto”

Em entrevista ao programa Rádio Verdade, na Arapuan FM, o presidenciável disse que Bolsonaro passa a ideia que é valentão, mas não tem coragem de enfrentar os concorrentes frente a frente.

“Repito para ele aqui. É valentão, diz que faz e acontece, mas na hora do debate se esconde embaixo da mesa, amarela. Quero ver ter coragem de debater ideias porque há trinta anos o deputado nunca aprovou um projeto de interesse nacional porque não tem proposta, foge do debate e um dia se escondeu no banheiro do aeroporto em Congonhas. Que coisa feia para quem quer ser presidente da República. Toma vergonha, Bolsonaro, venha debater projeto de país. Desafio ele em debater aqui ou em qualquer outro canto”, destacou.

De acordo com Boulos, Bolsonaro faz campanha em cima de cadáver e no medo da população sobre violência, desemprego e na incerteza de futuro.

“Quando tem medo, aí aparece o mercador do medo. Gente que se aproveita dessa vulnerabilidade das pessoas para vir com discurso de ódio: vou dar arma, vou prender, vou matar. As pessoas são presas fáceis desse tipo de discurso”, argumentou.

Para ele, Bolsonaro “tem duas caras” e a defesa dele do armamento é “hipocrisia” e “enganação”.

“Como é que se pensou a Segurança Pública no Brasil nos últimos trinta anos? Do jeito desmiolado do Bolsonaro. Com tiro, porrada e bomba. Com repressão. Isso não resolveu. Ninguém está se sentido mais seguro por conta disso”, avaliou.

 

 

Por Roberto Targino

Fonte: Mais PB

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA