Em dia de limpeza, moradores de rua da 14 Bis, no centro de SP, ficam apreensivos

Fonte: Ponte Jornalismo

P

Informação de uma possível remoção deixou as famílias que vivem debaixo do viaduto na praça 14 Bis apreensivas nesta manhã; prefeitura de SP garante que serviço foi programado e solicitado pelos próprios moradores

Por Daniel Arroyo

Essa é uma das muitas histórias que podem ser encontradas na praça 14 Bis. O vazamento de uma informação – confirmada por uma fonte ligada ao Condepe na noite de ontem – de que a prefeitura e a polícia militar fariam uma operação conjunta para remover os moradores dali, causou apreensão. Moradores relatam que ontem (26/7) assistentes sociais estiveram na praça e recomendaram que deixassem o local, porque no dia seguinte (27/7), eles seriam retirados.

Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

No final das contas, apesar do grande aparato entre caminhões da prefeitura, Guarda Civil Metropolitana e a PM que prestava apoio, houve um acordo e a administração municipal disse “que estava no local apenas para retirar lixo”. O integrante do movimento estadual da população em situação de rua, Robson, confirmou a informação: ” chegaram no acordo de apenas retirar o descarte, só o que estivesse em excesso”. Ao final dos trabalhos de limpeza, um morador identificado como Lucas, de 22 anos, se irritou.

Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

“Eu presenciei o pessoal chegando aqui. Claro que eles queriam tirar a gente. Aí como não conseguiram eu disse ‘tchau’. Aí um GCM disse ‘é por pouco tempo’. Aí eu respondi ‘é por pouco tempo, mas vamos pra um lugar melhor ‘”.

A assessoria de imprensa da Prefeitura de São Paulo informou, por telefone, que “o que aconteceu na praça 14 bis foi uma ação de limpeza solicitada pelos próprios moradores do local”.

Confira galeria de fotos:

Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

 

Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo
Foto: Daniel Arroyo/Ponte Jornalismo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA